18 de set de 2012

MINHA CAPACIDADE E INTELIGÊNCIA ESTA SENDO TESTADA!!!

 

   




Não subestime MINHA CAPACIDADE E NEM  minha inteligência!!


Desprezar minha capacidade de análise, de discernimento, desprezar minha inteligência, é algo que me tira do sério! Mas parece que tem um letreiro em neon piscando na minha testa com a palavra "idiota". Como tem gente que acha que está me enganando, que está me manipulando, que basta chegar e dar uma desculpa esfarrada e a burra aqui vai engolir tudo! Simplesmente fico rindo internamente da cara da pessoa!! Rindo pra não xingar o infeliz que faz isso!!! Gosto quando sou "estimulada" a dizer o que acho, porque sempre tenho uma opinião sobre tudo, mas tem gente que tem medo do debate, ou simplesmente gosta de joguinhos de "faz de conta". Só evito e tenho medo do bate boca, da gritaria, porque aí eu posso partir logo pro tapa! Odeio quando alguém se faz de desentendido, achando que está te enganando e não te dá chance pra você jogar limpo! Ou pior, quando se finge de desentendido de um jeito cínico, no intuito de te irritar e você vomitar tudo, para ele virar pra você e te chamar de doida: "- Não, não é nada disso que está acontecendo, você tá vendo coisas!" - Putz! Essa é a pior forma de subestimar a inteligência de alguém, é dizer que ela está vendo coisas! No mínimo a pessoa tem que ser corajosa pra sustentar o que está achando, o que está pensando, pra que se lave a roupa suja, haja o afastamento ou melhora da relação. Mas não esses joguinhos idiotas e imaturos! Sou inteligente o suficiente pra sacar quando a pessoa não vai assumir o que pensa... E aquelas pessoas que acham que estão escondendo tudo de você? Age como se fosse outra pessoa, e faz tipinho na sua frente, sendo que você tá vendo tudo ali na cara! Vendo que a criatura não é nada daquilo! Nossa que vontade de chegar e falar: "- Quer saber, porque você não assume que...". Gente que agonia que me dá isso! Existe uma sutil diferença entre omitir pontos da sua personalidade e querer se passar pelo que não é...

Não estou aqui pra dizer que sou a pessoa mais franca do mundo! Não sou mesmo!! Minto, dissimulo, sim, como todo mundo faz! Não tem essa de dizer que sou a rainha da sinceridade! Mas a questão está na necessidade de dissimular. Se estamos no nosso trabalho, definitivamente não dá pra sermos sinceros o tempo todo, temos que aguentar colegas de trabalho e chefes chatíssimos e temos que fazer a linha "tá tudo bem, meu bem". Mas nas relações de amizade e amorosas, tem que haver um minimo de sinceridade, peito aberto mesmo! Vamos lá e diga o que te incomoda!!!

No entanto eu tenho o péssimo hábito de ser irônica quando me aborrecem, posso ser um nojo de venenosa... E quando percebo que estou sendo subestimada, eu subestimo a pessoa também, que é pra ela perceber o quanto é chato ignorarem nossa capacidade de análise... Aí a pessoa me joga uma indireta e eu jogo outra de volta. Me manda um "eu não entendi" e me faço de desentendida também. Mas estou vendo tudo e esperando o momento certo de poder dizer o que quero... Porque também quando despejo, nem olho a sujeira que deixei pra trás, sigo em frente e pronto, arco com as consequências... Aí a pessoa pode até me chamar de doida à vontade, que estou vendo coisa onde não existe, porque ela me deu a oportunidade e no fundo ela sabe que deu!

Pense nisso..


Pode comentar!!!!!



Elaine Gasparetodisse... 

Querida Renata,
Gastei um tempo lendo os comentários deste e do post anterior. Sempre gosto de ver a reação dos leitores quando indico um blog. E a reação foi exatamente a que eu esperava. Comentários bons, como o da Náh, que me surpreendeu muito.
Muito bom esse retorno, né?

E a você deixo meus parabéns pela fluidez dos textos e clareza nas ideias.

Beijossssss

 Zerguidisse... 
Boa a indicação de Anni, para visitar o seu blog.
Eu gosto de escrever, além disso, tenho boa memória, da qual busco informações armazenadas sem maiores pretensões, mas que acabam tornando-se úteis algum dia.
Esse conteúdo, cheio de "teias de aranha", acaba servindo para algumas postagens da atualidade. É como se guardássemos uma roupa por muito tempo, até que um belo dia ela está na moda novamente.
Do meu íntimo, entretanto, pouco apresento, a não ser esporadicamente.

Ao ler essas linhas, todavia, percebi o quanto foi descrito da minha maneira de ser. É como se você estivesse me analisando e oferecendo o "diagnóstico".
O mais surpreendente é notar que mais pessoas, muitos dos quais me prestigiam com suas visitas, também confessam ter o mesmo padrão comportamental.

Será que somos especiais? Será que pensar assim é atingir a maturidade? Será que somos exceções?
Gostei do seu estilo de expor objetivamente o que se passa em sua mente. Eu sou mais comedido, normalmente, apesar de que, se sou provocado, despejo caracteres aos milhares.
Não segui uma linha uniforme no exposto. Seria um subterfúgio para tentar lhe confundir, já que você analisa os conteúdos? Ou eu estaria tentando escapar de algum rótulo de tipo de comentarista?
Provocações à parte, seu espaço é nota dez para exercitar os neurônios; parabéns.





 - Nandinhadisse... 
É realmente, vc tocou num assunto que super fere!Nao tem coisa que me tira mais do sério, do subestimarem a minha capacidade de discerimento! Eu saio de mim, qd alguem tenta me passar pra tras, me fazer de boba, ou axar q sou ingênua! Por isso, axo q me remete tb, ao outro post seu, q diz a Sincericídio! Eu cometo mt isso, por ser mt sincera, as vzs perco uma amizade ou um relacionamento q poderia ser duradouro! Mas por eu ter a natureza mt forte, nao me admito, subestimar os outros, ou q me subestimem, e isso tem mt haver c sinceridade, qd a pessoa é sincera, ela nao consegue tentar ao menso fazer os outros de troxa! rs
Tinha tempo q nao entrava aqui, mas eu adoro muito o q vc escreve! beijoooo


 Keldisse... 
Realmente é terrpivel quando as pessoas pensam que podem te dominar com histórias da carochinha ou meia dúzia de palavras falsas.
Como vc disse, em determinados ambientes não dá pra sermos 100% sinceros, porém os laços de carinho, amizade e amor só são verdadeiros se os envolvidos realmente se conhecerem se amares e respeitarem com todos os defeitos que vem com o pacote.

 Connery disse... 
Bom noite querida,
tem muito tepo que não consigo vir aqui "te ler"
estava com saudades. 
mas, falando do seu post...


"- Não, não é nada disso que está acontecendo, você tá vendo coisas!"
quantas vezes já ou vi isto... =S

é no mpinimo irritante esta falta de respeito, uma tentativa camuflada de chamar-nos de burros.

Beijos



 Pattr!ciadisse... 
Bom noite Re!
Esse é um assunto que poderia render muitos caracteres. Porem serei breve.
Uma coisa que aprendi observando esse tipo de gente: Quem subestima, subestimado é!
Eles são tão frágeis, que usam esse artifício como escudo para a própria falta de capacidade de análise e discernimento. 
Pois ao contrário não teriam a necessidade de manipular, não esconderiam o jogo e muito menos fariam tipo.



 J@dedisse... 
A vontade é dar um socão na fuça de quem subestima minha inteligência, eu heim!!
Beijos!!

 lpzinhodisse... 
Há muito tempo que eu tento evitar pessoas assim e mais, qdo me deparo... procuro não manter contato. Eu me conheço... sou um poço de paciência, adoro tentar relevar, entender, ser amigo e tals. Mas tudo tem lá seus limites né! Essa coisa da pessoa subestimar a inteligência alheia me parece uma espécie de vírus que vem atingindo mais e mais pessoas que se acham donas da verdade, mas naquele bom e velho estilo 'cheguei no meio da viagem e já quero sentar na janelinha'... Espero q vc esteja bem e desculpe o comentário corrido e assumidamente chato!
Um beijo!!! Boa quarta feira!

 gabyshifferdisse... 
Também odeio quem me subestima...
Também pareço ter o carimbo de idiota na testa, mas acho que tá cheio de gente que acha que pode se dar bem em cima da amabilidade dos outros, da bomdade. 
Lamentável ser bom e ser confundido com idiota.  
Já sofri muito por conta disso e acho que pelo seu jeito de falar vc tb. 
Mas mudando de assunto, vim te falar uma coisa...
Amiga,tem selinho pra vc no meu blog tá? 
Passa lá tem mais de um...rs

Te desejo uma exelente noite
Beijos na alma!

:)
“Se você quer transformar o mundo
experimente primeiro promover o seu aperfeiçoamento pessoal
e realizar inovações no seu próprio interior.
Estas atitutes se refletirão em mudanças positivas no seu ambiente familiar.
Deste ponto em diante, as mudanças se expandirão em proporções cada vez maiores.
Tudo o que fazemos produz efeito, causa algum impacto.”
(Dalai Lama)



 Andrea Paganodisse... 
Oi Renata,
Primeiro, parabéns pelo post e pela homenagem!!!
Já fui no blog da Aninha (que gostei muito) e deixei um comentário, ficou muito boa e merecida homenagem...Quem não fica com medo de vc no começo não é? Mas também sempre achei que havia um grande coração por tras dessas cinzas, mas a gente acaba se machucando demais, se não colocarmos àlgumas máscaras, não é?

Bem, quanto ao seu post, também eu detesto gente que me acha idiota, principalmente gente que fica mentindo ou fingindo, daquilo que está falando, como seu eu estivesse acredidanto em cada palavra, isso me deixa p. da vida, porque eu não costumo mentir e nem fingir e gente assim eu abomino! 

Bjs e boa semana e obrigada pela dica!

::::FER::::disse... 
HOJE FALEI DO SEU BLOG PRA UMA AMIGA QUE COMEÇOU A ESCREVER, EU DISSE QUE COMECEI A REESCREVER DEPOIS QUE VIM AKI PELA PRIMEIRA VEZ, ELA FICOU ENCANTADA COM SUA PERFORMANCE E DISSE QUE SEU POST DE HJ TEM TUDO HAVE COM O QUE ELA TA PASSANDO NO CASAMENTO DELA, QUE O MARIDO ANDA TAXANDO ELA DE BURRA E FAZENDO JOGUINHOS DEPOIS DE 15 ANOS DE CASADOS..... SABE COMO ME SENTI? ORGULHOSO POIS FOI COMO SE EU TIVESSE APRESENTADO ALGUEM QUE EU CONHEÇO A UMA AMIGA E ELAS TIVESSEM SE DADO BEM....
:::FER:::




 Robson Schneiderdisse... 
pelo tamanho do post quando olhei imaginei que vinha bomba hahahaaha!
Olha ja falamos muito sobre isso né? e vc sabe bem o que penso sobre esses tipinhos... mas um ponto que vc citou de fato me tira do sério...A pessoa que tenta te desequilibrar fingindo que "nada aconteceu.." essas são as piores e sempre tem uma contraditoria desculpa esfarrapada.
Bjão querida

 intimasdisse... 
Bem, eu procuro ser mais indiferente a esse tipo de pessoa, porque geralmente ela não está realmente disposta a argumentar. Sei lá, acho desnecessário me estressar com essas pessoas que são muito levadas por julgamentos preconceituosos
Imagino que essas pessoas não conhecem seu blog...
Beijinhos, beijinhos!

 Tatianadisse... 
hahaha...adorei chegar nesse teu post, logo de primeira. 
Por acaso estou passando por uma situação parecida, tendo contato com falsidade e dissimulação...tudo que vai contra os meus princípios.
Tomo caminhos diferentes dos teus, por personalidade mesmo,não poderia enfrentar, pelo meu carater me deixaria pior, por isso acabo me distanciando para não me desergenizar (existe essa palavra??).
Mas o teu texto foi uma deliiiicia de ler!!!A Anni tinha razao!!
Como muitos hoje, cheguei aqui através dela, que realmente é uma graça de pessoa!!
Voltarei com certeza!
Beijos,
Tati.

 Nikadisse... 
Olá,vi a indicação da Anni e curiosa como sou não pude deixar de vir te conhecer, gostei muito do seu blog e seu post então, me senti representada nele, odeio quando substimam minha inteligencia, as vezes falo em alto bom som se esta escrito idiota na minha testa,parábens tenho certeza que vou voltar aqui mais vezes e aos poucos ler os outros posts..
Bjs

 aluisio martinsdisse... 
não se irrite, o que não é faci, com isso. eu mesmo me irrito sim. porem, vendo a distancia isso denota a incapacidade das pessoas de travarem um dialogo aberto, franco e de alma exposta. O nome disso é medo, mas pode acabar virando ausencia de carater ou insensibilidade se treinado por longos periodos. Alma pra dar, quem tem? Você tem, moeda rara, sem preço.
Continue assim e agradeço por ver que nao vamos sozinhos no mesmo caminho.
abs

 Marcelo Moraesdisse... 
Renata, percebo tanto isso no mundo dos blogs! Também não me faço de santo, já disse isso algumas vezes no blog, porém, meu senso de observação vai além do que algumas palavrinhas ditas "carinhosas" possa me "comprar". Todo mundo deixa rastros por onde navega. Tenho algo na minha gaveta de posts fermentando um pouco que vai de encontro com o que discutiu neste post. Em breve, o postarei. ADOREI este texto! :D
Obrigado pela visita lá no blog.

Bj

 Alysson-Syndisse... 
Pra mim esse tipo de pessoa tem tudo a ver com o famoso "politicamente correto". Ele manipula a conversa pra que você se exponha, enquanto se esconde por trás de um "você me interpretou errado". Falta de autenticidade, no mínimo. Adoro uma discussão. Adoro argumentos. Adoro quando o limite da minha inteligência é testado enquanto tento provar que a minha opinião está sustentada em evidências. Adoro admitir que uma opinião é mais adequada e mais ampla que a minha. Adoro mudar de opinião quando meus argumentos são vencidos.E é por isso que eu, assim como você, me irrito com essas pessoas que não tem coragem de se posicionar e subestimam a inteligência alheia.
Adorei seu desabafo e faço dele, meu tb!

BjãoRenata !



 menina fêdisse... 
quem subestima a inteligência do outro não a possui... melhor manifestá-la com argumentos. se não os têm, tchau! 
bjs meus.



 Carolinadisse... 
Fico puta qdo substimam a minha inteligência! Mas um exercício que adoro aplicar é deixar, em alguns casos, não tão escancarados que pensem que estão me enrolando. Dou corda pro nego se enforcar, aí descontruo tudo no devido tempo. Tenho uma paciência pra este jogo, menina! 
bjos meus




 Denise do Egitodisse... 
Oi, Renata
Existe um tipo que me incomoda bastante tb e acho que ela se encaixa em algumas características que você mencionou. É a sonsa. No fundo, é uma pessoa egoísta, que só quer levar vantagem em tudo. Mas são pouquíssimas as pessoas que a reconhecem.

Um beijo pra você

 gabyshifferdisse... 
Voltei Amiga ,
Vim lhe desejar uma boa noite
:) 
Tem selinho pra vc no meu blog
Beijos na alma!
"Cada dia que amanhece assemelha-se a uma página em branco, na qual gravamos os nossos pensamentos, ações e atitudes. Na essência, cada dia é a preparação de nosso próprio amanhã."

Psicografia de Francisco C. Xavier.


Livro:- Indicações Do Caminho.

 Lua Novadisse... 
É, fico muito indignada quando alguém me faz perceber algo que o está aborrecendo e quando eu pergunto diz: "Eu não disse isso!"
Às vezes, as palavras dizem uma coisa e toda a expressão corporal diz outra. E temos que tomar cuidado pra não agir da mesma maneira sem perceber. Também sou irônica e isso é complicado.
Gosto dos teus textos ácidos, afinal, quem tem medo da sinceridade? Voltaire dizia: "Não concordo com uma palavra do que dizes, mas defenderei até o fim o teu direito de dizê-las." É isso.
Como vc mesma disse, "a verdade é minha, talvez não sirva como verdade para os outros..."
Beijos, minha cara, e continue com teus textos exatamente como são. Eles são ótimos.
Beijos.

 Fafodisse... 
De todos os seus blogs, este é o mais polêmico.
Beijo no coração.
 Mulher Vãdisse... 
Isso só tem um nome, Renata: hipocrisia!
Beijo, beijo




 Bill Falcãodisse... 
Tem muita gente assim no mundo, dama, que parece só viver pra encher o saco dos outros. Que fazer? Creio que é pensar que, ao mesmo tempo, vivem neste mundo pessoas totalmente ao contrário. É a elas que devemos dar atenção.
Bjooo!!!

 Mulherzinha Sim!disse... 
Olha, eu confesso que eu sou um pouco Sr. Saraiva, ou seja, tolerência zero. Mas eu tenho trabalhado muito para mudar esse meui jeito e já melhorei bastante. Mas tem um amigo meu que faz de tudo para me irritar. Ele levanta assuntos polêmicos ou toca naquele ponto que sabe que vai mexer comigo, aí quando falo o que penso, ele diz que eu sou muito "desiquilibrada". Pode isso?
E pior: quando ele começa a falar de você, ele não deixa você se defender. Ou ele fala sem dar pausa para não te dar chance de argumento ou ele fala que o assunto tá encerrado e ponto. Não tem mais quem o faça abrir a boca.
Tipo, é uma atitude muito escrota. Só ainda não o larguei de mão porque ele tem muitas outras qualidades e a família dele é muito especial para mim.
Mas gente que substima a nossa inteligência ninguém merece! Em determinadas situações eu adoro me fazer de idiota, fingindo estar acreditando na pessoa, só para na primeira oportunidade que eu tiver "passar na cara dela". Mexe com o que tá quieto!

Bjos



 Monicadisse... 
Existe uma sutil diferença entre a outra pessoa se achar esperta e a gente se fazer de boba !!!
Mas q cansa, cansa ...

 Alinedisse... 
Não entendo porque as pessoas tentam substimar a nossa inteligência....fico irritada com isso..

 Stippdisse... 
CARACASSSSSSSSSSSSS
SIMPLESMENTE VOCÊ DESABAFOU TUUUUUUUUUUUDO
QUE ESTÁ ENGASGADO EM MIM.
SÓ ESTOU ESPERANDO O MOMENTO CERTO,PRA DESCARREGAR,ENQUANTO ISSO ESTOU RESPIRANDO FUNDO,DOU CORDA,PRA PESSOA SE ENVERGONHAR MAIS AINDA QUANDO VER QUE TUDO QUE FEZ FOI PERCA DE TEMPO.ME SEGURO ATÉ PRA NÃO POSTAR NO MEU FACE O QUE PENSO.PORQUE AI EU VOU ESTRAGAR A SUPOSTA INTELIGÊNCIA KKKKKKKKKKKKKKKK
VALEU

Renata,
hoje evito entrar em polêmica com quem quer que seja. Medo de trocar ideias ? Não. 
Justamente pq as pessoas não trocam ideias, discutem, muitas vezes, sem argumento. Então fico na minha.É muito desgaste de energia. Não gosto de discutir.
Aprendi uma coisa: Quando eu falava tudo o que pensava , encontrava no caminho um " monte" para me " atiçar", sabe aquela coisa de atiçar a onça com a vara curta ? Pois então. 
Eu caía na pilha. E blábláblá...
Quando percebi que o silêncio era a melhor resposta, tudo ficou mais fácil . As " malas" de plantão são obrigadas a engolir do próprio veneno.
E como diz a música : " Tô nem aí..."
Beijão e boa semana !!


Nenhum comentário:

Postar um comentário