23 de jun de 2012

RENUNCIAR TAMBEM E´UM ATO DE AMOR.












EVITAR  DOENÇAS COMO O CANÇER E´POSSIVEL????

As observações sobre a relação entre doenças e as emoções, graças a Papai do Céu, estão mais intensas no mundo ocidental atualmente; isso porque no oriente é prática há milênios. As medicinas chinesa, egípcia e indiana, entre outras, já fazem essa correlação com muita propriedade há muito tempo e felizmente esse conhecimento já está sendo trazido de forma mais intensa para o ocidente, mesmo que ainda timidamente. Eu estava pesquisando pra escrever um pouco sobre a linguagem emocional do corpo e me deparei com esse excelente texto do André Lima sobre o tema. Gosto muito do jeito que o André tem expor assuntos tão complexos de forma simples e direta.

A Doença Vista Como um Mal Externo

“De vez em quando lemos alguma noticia do tipo ‘Fulano está na luta contra o câncer’. ‘Fulano pegou tal doença’ ou ainda ‘tal doença acometeu tal pessoa’. Falando dessa maneira, parece que a doença é um mal externo que se abate sobre o ser humano e que temos que lutar contra. Algo incontrolável e que vem de fora. Parece azar, destino, falta de sorte, genética, karma ou simplesmente um mal funcionamento do organismo.Toda doença tem uma causa. Um órgão não deixa de funcionar como deveria por obra do acaso, nem um tumor cresce sem que para isso exista uma razão lógica.Uma doença como a pressão alta ou a diabetes também se desenvolve por razões definidas, embora ainda na medicina tradicional não se tenha as explicações para isso. Fica parecendo que é tudo uma questão de que o organismo começou a funcionar mal: o coração, a química do cérebro, o pâncreas e etc...E muitas vezes tem que se tomar medicamentos para o resto da vida porque a doença não tem cura, pode apenas ser ‘controlada’. E isso é visto como uma coisa normal. E cada vez mais medicamentos vão sendo criados e as doenças ao invés de serem curadas, vão sendo apenas ‘controladas’.Algumas pessoas acham que a causa das doenças são as bactérias, os vírus, ou outros fatores externos totalmente alheios a pessoa doente. Mas esses microrganismos estão por ai em todos os lugares o tempo todo. Algumas pessoas adoecem, outras não. E porque será que isso acontece? No nosso corpo tem mais bactérias do que células, e ainda assim estamos vivos. O problema na verdade não é o exterior, e sim o organismo, como ele está por dentro. O estado do sistema imunológico está profundamente conectado ao estado emocional.Não falo do estado emocional apenas do presente, do estresse do dia a dia, ou de alguma situação momentânea que a pessoa esteja vivendo. Isso certamente influencia. Mas o que influencia muito mais é a carga emocional que a pessoa vem acumulando ao longo da vida.Passamos por situações de mágoa, raiva, perdas, tristeza, decepções, frustração, medo, abandono, rejeição, abuso, falta de reconhecimento e etc. Os sentimentos ficam guardados e eles causam efeitos físicos.Entender que um sentimento causa uma reação física é muito fácil. Não tem nada de misterioso, nem de mágico. É muito simples, lógico e racional. A emoção é algo que se manifesta no corpo através de uma química produzida.A emoção é algo que surge a nível energético mas que se manifesta fisicamente no mesmo instante que é produzida. Basta você observar o seu corpo ao sentir qualquer emoção negativa.Onde você sente no seu corpo o desconforto da emoção negativa? A sensação pode ser suave, se o sentimento for suave, e pode ser intensa se o sentimento for intenso. É possível sentir tensão em partes do corpo, formigamento, aperto no peito, frio na barriga, arrepio, calor, contração de órgãos e outras sensações ao experimentarmos emoções negativas.A emoção negativa produz em 100% das vezes reações físicas no corpo. Eu disse 100%. Não existe uma emoção negativa que não se manifeste fisicamente. Não acontece apenas ‘de vez em quando’ nem somente com pessoas sensíveis. É pra todo mundo! vai perceber que a emoção não é algo apenas sutil, é algo concreto, fisco mesmo.Por isso, cada ‘resto’Muitas pessoas não tem consciência disso por não prestar atenção, pois não somos treinados para observar as emoções negativas, muito menos ainda para observar as reações que elas provocam no corpo físico. Procure observar minuciosamente o seu corpo cada vez que sentir uma emoção desagradável. Você  emocional (pequeno ou grande) que guardamos (e todo mundo guarda) de uma situação passada causa um desajuste no organismo. A química do corpo é afetada. As glândulas, hormônios são também afetados causando um efeito físico em cascata pelo corpo. Acumulando vários restos emocionais, o corpo vai sendo cada vez mais afetado até aparecer algo mais forte e perceptível que é o que chamamos de doença.
Aí você pode se perguntar, e os vírus, as bactérias, a genética? São fatores que podem contribuir, são coadjuvantes da doença, mas não são os fatores principais. Pra que a doença ocorra, é imprescindível que o organismo esteja de tal forma afetado que permite que ela se instale. O desajuste causado pelo acumulo de emoções negativas permite que os vírus e bactérias causem estragos no corpo, e também provoca mau funcionamentos dos órgãos. Cada emoção negativa afeta o organismo de forma diferente e provocará doenças diferentes. Começar a pensar dessa forma tira o ser humano do papel de vitima das doenças. Isso é muito bom porque a partir desse novo ponto de vista entendemos que se a causa está dentro, e não fora, fica mais fácil se curar. É mais fácil cuidar do interior do que tentar exterminar as bactérias e vírus, o do que inventar mais e mais medicamentos para controlar sintomas físicos. Mas isso é claro, desde que existam ferramentas simples de cura que possam ir profundamente na parte emocional e energética. A EFT é uma dessas ferramentas. Curando a parte mais sutil a parte física sofrerá reflexos positivos.Quanto mais trabalho com a EFT mais vejo casos e leio relatos de curas físicas a partir trabalhos emocionais profundos que são realizados. Observamos relatos de melhora ou remissão total de doenças simples até as mais graves: alergia, enxaqueca, dores de todos os tipos, pressão alta, diabetes, câncer, Parkinson, sinusite, gastrite, refluxo e etc...No dia em que medicina se integrar 100% com terapias energéticas que tem um grande potencial de curar a parte emocional, os índices de cura das doenças físicas vão atingir um patamar altíssimo. As doenças vão cada vez mais deixar de ser crônicas e passarão a ter uma cura profunda e definitiva.Não é normal que o ser humano precise ir acrescentando remédios ao longo da vida para conseguir viver bem, ressaltando que muitos deles passam a ser tomados pelo resto da vida. Isso só ocorre porque a abordagem tradicional está incompleta. Não vai na causa mais profunda do desequilíbrio, corrige apenas os sintomas da doença.Quando não se corrige a causa verdadeira, a doença volta. Por isso é que o câncer tem que ser monitorado. A doença é arrancada, extirpada do organismo, mas as causas emocionais continuam por lá e provocam reincidência da doença. Uma cura verdadeira deve tratar essas causas emocionais, assim a doença não mais se manifestará.Explicar esse tema em profundidade exigiria muitas páginas. Minha intenção aqui é apenas chamar atenção para a ligação entre as emoções e as doenças. Essa ligação é muito maior do que o que se imagina. A medicina já aceita que há uma certa ligação, mas esta ainda é subestimada.
Cada doença existente no organismo significa que existem emoções negativas guardadas. Pense nisso. Tem gente que fala ‘eu sou uma pessoa muito tranquila, não guardo nada, o que passou, passou’, mas o corpo não mente. As doenças mostram tudo aquilo que não conseguimos enxergar na parte emocional, ou ainda aquilo que enxergamos, mas não conseguimos mudar. Cuidar da parte emocional previne e cura doenças. (...)”

Felizmente existem as técnicas de liberação de emoções represadas, muito eficazes e de relativa rapidez de efeitos, como  Reiki, Programação Neurolinguística - PNL, todas integrantes da Terapia Positiva. A união destas técnicas consegue dissolver conflitos internos, medos, ansiedades, traumas, bloqueios, mágoas, raivas, rancores, inibições, enfim, uma gama de emoções negativas que atrapalham o bom funcionamento do corpo e, pior ainda, o bom fluir da vida como um todo. Ao mesmo tempo que as emoções e pensamentos negativos vão sendo diluídos, estas técnicas promovem a instalação de bons padrões de pensamento, de forma natural, intensa e consistente, repercutindo na melhoria dos padrões de saúde, relacionamentos, prosperidade e bem-estar. Porém, quem tiver interesse em conhecer e aprender mais profundamente sobre as ´TÉCNICAS APLICADA , que são maravilhosas para autoajuda, basta enviar-me um e-mail pedindo as apostilas gratuitas sobre os temas -  Boa leitura e saúde!












RENUNCIA E DESAPEGO

" A renúncia e o desapego são dois detergentes espirituais que nos aproximam da experiência do amor . A renúncia, o ato de admitir conscientemente o que podemos e o que não podemos fazer, nos impede de assumir falsas responsabilidades e de fazer as coisas prejudiciais ao nosso próprio bem estar. Frequentemente nos relacionamentos queremos ser tudo, fazer tudo, dar tudo quando sabemos perfeitamente bem que isso é impossível. Estamos tentando provar nosso amor . Estamos fazendo uma tentativa deseperada para provar que somos dignos de ser amados. O segredo aqui é renunciar a todos os pensamentos , a todas as crenças , a todas as idéias que nos levam a concluir que não podemos ser amados. Se conseguirmos chegar a esse ponto de não acreditarmos que não podemos ser amados, instantaneamente nos tornaremos capazes de ser amados ! Quando somos dignos de ser amados , não é preciso fazer nada. Apenas ser. O caminho para essa percepção é o desapego . Desapegue-se de todas as condições que você se impôs. Não há nada que você tenha que fazer . Não há nada que você tenha que ser ".



RENUNCIAR É PRECISO


A renúncia é muito difícil. Tive uma (falsa) amiga que me traiu e mesmo sabendo da traição fiquei alimentando o carinho e a amizade que sentia por ela por muito tempo... Por que? Porque é muito mais fácil se iludir e tampar o sol com a peneira do que renunciar a uma pessoa que você ama.Também tive um namorado por 5 anos que me maltratava psicologicamente mas a quem eu amava muito. Deveria tê-lo deixado mais cedo mas o amor que eu sentia era tão forte que mesmo infeliz ao seu lado eu permanecia, na esperança de que ele mudaria. Como eu disse é muito difícil abrir mão de quem se ama.Finalmente tive coragem de seguir em frente e hoje quando olho para trás me espanto por ter aguentado essas pessoas que só queriam me fazer mal por tanto tempo.Sinto que paguei por um karma devido. Tenho certeza que tudo que sofri tinha um propósito. Tanto sofrimento não pode ter sido em vão.Aprendi que ao contrário do que nos dizem, o AMOR NÃO JUSTIFICA TUDO. Ficar ao lado de uma pessoa que diz que te ama mas só te faz mal é prejudicial a saúde, ao espírito e acima de tudo uma auto-violação. Nesses casos RENUNCIAR É PRECISO. Mesmo que você ame intensamente e acredite que não viverá sem essa pessoa. Com o tempo você verá que você estava em uma prisão e agora está livre, finalmente livre.


O que fazer quando é um amor sem esperanças? Esquecer, renunciar ?

À uma linda amiga...
AMOR SEM ESPERANÇAS
Marcial Salaverry


Um amor louco, sem esperanças...


Por que o coração insiste em teimar?


Por que não obedeces meu coração?


A esta fria e insensível razão que lhe diz:


Esquece...Renuncia....


Sejas também indiferente...


Não transmitas, coração,


o teu calor , a tua ternura...


Esquece... renuncia... E a razão cada vez mais eloqüente,


repete incessantemente: Esquece... esquece... renuncia!


Ao que este pobre coração perseverante,


com a força do amor responde:


Não esqueço! Não renuncio!


Porque mesmo sendo impossível,


esta esperança acalenta minh’alma...


Aquieta meu coração,


mesmo agarrado a frangalhos,


tal uma flor que precisa ser colhida à beira de um precipício...


Ele –este amor- é lindo,


mesmo que nunca o tenha,


é imenso e misterioso como o mais profundo dos mares


e deixa-me muito, muito, muito feliz!


Amor sem esperanças,


restarão apenas as lembranças...


Que fazer se esse alguém não te quer?


Esquecê-la será a solução,


E assim, poderá aquietar o coração...


Melhor resposta - Escolhida pelo autor da pergunta


Tive um até pouco tempo mas como era totalmente impossível, terminou assim:






RENÚNCIA


Com o coração em sangue vivo, parto


E em teu peito, sem vida deixo um outro


Foi tão intenso ainda que platônico


Virtuais amores, hodiernos e calientes,


Chegam tão mansos e viram tsunamis.


E por ser tão intenso exorbitar tentei


E perto quis teus olhos que tão bem me viam ao longe


E teus lábios que tão belas palavras ciciavam


E teu seio que eu sentia vibrar em cada verso.


Queria junto ao meu, mas foi procura vã.


Tinha bem mais, é certo, a tua alma,


Mas o teu corpo a um outro pertencia


Romper de vez o tênue véu que inda separa


A confortante ilusão da realidade crua (e nua)


Pode ser bem doído a dois, quiçá a quatro.


Resolveste imolar-te, e a partida agora


É tua, e tão breve quanto assaz sofrida.


E é duplicada, pois também me parte


E desta feita fatia em muitas partes


O músculo teimoso do meu peito.


Mais uma fuga, talvez definitiva?


E onde irás, por quais caminhos ermos?


E em que veredas da vida tu me deixas?


Cego, pois teus olhos é que me guiavam


Mas não ver, não sentir, talvez seja melhor, agora.






Pois os já úmidos teclados não escrevem


E os e-mails não anseiam mais ser lidos


Lenços imaginários, bem mais brancos


Continuam a lamentar nossa desdita.


Tua renúncia é dor pra toda vida.








: Eu postei esta pergunta por causa de nossa amiga.


Fiquei surpresa e feliz que tivesse respondido e com teu lindo poema Renúncia, que apesar de triste é real. Renunciar também é um ato de amor.Grata a você e a todos que responderam, toda as respostas foram lindas. O que fazer, quanto o amor não tem chance de esperança alguma? Sofremos, mas temos que ir a procura de outras coisas, outro amor, pois o tempo passa e com certeza será uma perda de tempo grande ficar imaginando, sofrendo por algo impossível. Nada e ninguém será insubstituível. E perder oportunidades que com certeza aparecerão na vida, será viver e não perceber que o tempo está passando e com certeza nos arrependeremos muito depois.Não é fácil, mas ninguém é de ninguém e ser feliz é a nossa meta de vida, pelo menos um pouco feliz, e o tempo será sempre o melhor remédio para tantas dores que sofremos e ainda vamos sofrer.Ninguém merece que fiquemos curtindo uma ilusão, que para pessoa que amamos, com certeza nem estará ai com o nosso sofrimento, vivamos e corramos a procura de alguém que também nos ame e nos faça feliz. ♥Paz♥

 Bem!todos sentimos algo assim ao longo da vida!
Não estou tentando menosprezar esse conflito entre a razão e a emoção q vc esta passando, porém maior do q essa dor deve ser a sua vontade de superá -la.O conselho q te dou é q faça o possível e o impossível (com juizo hein!) para realizar esse amor , o q não vale é tentar fazer qm tu amaz advinhar essa situação q tu taz passandu, então seja direta e respeite o sentimento dele é claru, o maximo q tu receber é um não.
Mas se o receberes encare como algo q ñ teria nada a adicionar em sua vida, não sofra, sofra por ele ter te perdido.Dê mais valor a sua vida e a vc assim verá q qm te ama de verdad se aproximará cada vez mais Bju<




"...quem gosta de maçã irá gostar de todas/ por que todas são iguais..." (música "A maça" de Raul Seixas)


esta frase é interessante por que reflete a realidade. se o amor ( um dos sentimentos mais difíceis de se interpretar) para uma pessoa, poderé acontecer para outras.
Outras pessoas podferão se o objeto desse amor.
o jeito é "partir pra outra".
Até por que não vale a pena disperdiçar a vida toda em função de uma pessoa. pode até tentar esquecer, renunciar... mas nao sei se serás capaz... um grande amor, dura várias vidas, ninguem esquece aquela pessoa que faz nosso coração bater acelarado... ninguem esquece o suspiro de amor, a respiração ofegante antes de um beijo...se conseguir, por favor me diga como... para quem gosta de poesia, diria para ler um pouco da biografia de Gonçalves Dias e de seu amor por Ana Amelia... apesar de todas as histórias que ele viveu, foram para ela os maiores versos de amor... quem ama verdadeiramente, não chega ao final de AINDA UMA VEZ ADEUS, sem lágrimas nos olhos e um nó na garganta...




O que fazer?


Voltar ao sentimento inicial, aquele quando foi iniciado o amor, vivenciado a dois.
E obedecer as seguintes leis ditas por João Batista de Paula, escritor e Jornalista.
Fazer as coisas com amor, dar o melhor de si e não se preocupar com resultados ou vantagens - é assim que se deve viver.
II


Devemos sentir prazer


- como se fosse um “ hobby” –


Em procurar alegrar, ajudar, desejar felicidade e dar


Tranqüilidade e esperança ao próximo.


III


É uma tolice almejar a felicidade semeando a infelicidade. É como a água de um recipiente: se a empurramos, ela volta; se a puxamos, ela se afasta.


IV


Quem deseja ser feliz, deve primeiramente tornar feliz seus semelhantes, pois a Divina recompensa que disto provém, será a Verdadeira Felicidade.


V


É realmente verdade que gratidão gera gratidão e lamúria gera lamúria. Isto acontece porque o coração agradecido comunica-se com Deus , e o queixoso relaciona-se com Satanás. Assim, quem vive agradecendo, torna-se feliz: quem vive se lamuriando, caminha para a infelicidade.


VI


A frase “ Alegrem-se que virão coisas alegres”, expressa uma grande verdade.


SEM MENTIR


Se agirmos honestamente, sem mentir, nos tornaremos pessoas de quem todos dirão: " O que essa pessoa diz não tem erro. Tratando-se dela, posso ter absoluta confiança".


 Se há um amor que é sem esperanças, não devemos parar de viver por conta disto, pois, então, há o amor esperançoso, há o amor verdadeiro que estará em outra vida, se um não foi, o outro pode ser...
E, um amor sem esperanças HOJE, não necessariamente é um amor sem esperanças SEMPRE, mas, se paramos HOJE, por conta deste amor, ficamos parados no tempo, e no AMANHÃ, se ele se tornar com esperanças (e efetivação), o perderíamos por termos ficados parados, enquanto deveríamos ter vivido, e nos preparado (alcançado a maturidade, junto com o amor prematuro), para o recebê-lo no momento certo...


Mas, difícil é saber diferenciar de quando lutar, quando parar, quando esperar...e quando ...desistir...



Acredito que as pessoas sao capazes de criar tanta coisa dentro de suas mentes que acabam criando submundos onde relacionamentos sao uma forma de mater o controle sobre o coraçao porem quando o verdadeiro sentimento aparece nao existe a outra metade , existe apenas o desaparecimeto dessa barreira por nos imposta que nos limita a ver apenas o que queremos ver, dai entao o amor verdadeiro brota.




Vc não disse se já se declarou.
Caso não tenha feito isso e esteja achando que é um amor impossível, por favor, tire isso da cabeça e vai à luta. Arrisques-e, amiga, vale à pena, eu falo por experiência própria.
O pior que pode acontecer é o que já está acontecendo: ficar sem seu amor... mas aposto que vc vai siar vitoriosa. Boa sorte! =)
Beijo ;*




ÉRA APAIXONA POR UMA GAROTA E ELA POR MIN MAS NA ÉPOCA NÃO DEU CERTO MAS MINHAS ESPERANÇAS NUNCA SE ACABOU. ''POR MAIS QUE ARRUME UMA OUTRA PESSOA AS VESES QUE PENSSO NISSO AINDA ACHO QUE POSSO RECONQUISTA -LA
Beijs...fui!!!!!!!!!


Oi, querida!
Se na há esperanças, nao há o sonho de um futuro...


Entao, ficam apenas as mais belas lembranças desse lindo amor...
Bjs!

Eu escrevo poesias... a rejeição aliada a paixão inspira e muitas vezes cria versos maravilhosos! No mais, dê tempo ao tempo (clichê barato).


Esquecer,e nada como um novo amor para se esquecer um velho amor! Não vale a pena chorar e sofrer por algo sem esperanças!
Beeeeeeeeeeeeeijos!!!!!!!!!



linda menssagem!!


olha amiga,quando é sem esperanças eu esqueço,sempre tem pessoas q nos amam...com a mesma intensidade q as amamos...
bjus amiga

um amor sentido não morre nunca, não se apaga, não se deleta, fica guardado na memória, fica misturado ao sonho, fica como um alicerce de um dia vir a ser concretizado.


Esquecer é a melhor solução.


Esperar com paciência no Senhor é o melhor que você poderá fazer.
Amiga, um grande e verdadeiro amor a gente não esquece... a gente finge que esquece e a vida continua...Assim , fica mais fácil de seguir em frente. Bj !


 Diga a verdade pra quem você ama,mas nunca se arrependa,pois você disse o que sente por ela.
Procure nao ficar triste por ela.
É isso aí!! Bjs





Nenhum comentário:

Postar um comentário