3 de jun de 2012

AMOR!!!!! SO DE "ALMA PARA ALMA"

 
O Amor Universal e Incondicional






 Amor verdadeiro

Espiritualidade



Por que tanto desencontros amorosos atualmente? Eu sempre fui romântica e assim vou permanecer a vida toda. Na vida adulta, o romance deve ter os pés no chão porque assim a gente evita muitos aborrecimentos. A doutrina espírita responde com muita desenvoltura a resposta a essa pergunta. Acontece, que muitas vezes, homens e mulheres pensam que estão caídos de amor e não estão. É apenas o corpo que ama; química, paixão e loucura. O amor espiritual é o verdadeiro amor, porque só ele consegue enfrentar a realidade.Quando queremos impressionar alguém cuidamos da vaidade, do sorriso, da maquiagem. O homem , atualmente, também cuida da vaidade, mas lustra o carro, capricha na roupa. Mesmo que seja rígido ou muito sério capricha no sorriso para impressionar a mulher. A palavra é essa: impressionar. Quando a gente quer impressionar a gente finge, representa, enfim, ou então mostra apenas as qualidades. O que é muito natural. Quem já não viveu uma grande paixão? O coração bate acelerado mesmo, as mãos suam e você nem sabe porque a pessoa lhe impressionou tanto. Pode ser a alma gêmea? Mas temos muitas almas gêmeas que nem sempre representam o ideal de amor. Podem ser representadas por espíritos que compartilharam conosco vidas pretéritas. E, nem sempre encarnações felizes e, nem sempre, prelúdios de amor. Os dois se reconhecem é fato. Dá aquela sensação de dejavu mas isso nem sempre representa uma história de amor feliz. Podem ser dois espíritos altamente comprometidos um com o outro. Podem ser muito diferentes de temperamento, evolução espiritual.O psiquiatra Flávio Gikovate discorreu sobre o amor com muita propriedade e crê que o amor está na semelhança. Semelhança de ideais, de valores, de coisas em comum. Já percebeu como é gostoso conversar com alguém que pensa como você? Além da afinidade espiritual, existe também a energia semelhante,a aura. Ambos podem pertencer à mesma classe de evolução espiritual. É uma troca benéfica para ambas as pessoas e, nem sempre, representa uma história de amor. Almas afins podem descrever uma história de mãe e filho, irmãos inseparáveis, primos, amigos de velha data. E, se tiverem uma missão para virem escrever uma história de amor virão para cumprir esse destino amoroso.

No entanto, é mais comum ver espíritos muito diferentes ficarem apaixonados um pelo outro. A paixão também acorrenta. Ela também associada à ternura, ao amor, pode trazer felicidade. Acontece que aquela sensação de deslumbramento passa... Isso é ruim? Claro que não! Aí começa a se escrever a história de amor: cumplicidade, carinho, respeito, companheirismo e admiração. Admiração! .Se você perde a admiração pela pessoa amada dificilmente continuará amando... ou sequer terá desejo por ela. As máscaras caem por terra. E vem a desilusãoUma vez me impressionei com a história bonita de um consulente cinquentão. Estava cansado de relacionamentos cheios de química e tesão. No final, sentia tédio. Ou então , cansado de mulheres que grudavam nele tal qual um carrapato. Ele queria mais do que isso... mas não encontrava, porque na verdade acabava atraindo mulheres fúteis ou sem autoestima.Até que um dia entrou no meu consultório e vaticinou animado:- Conheci alguém! E nada tem a ver com meu tipo de mulher. Ela não é nem bonita, nem exuberante. Mas, ficamos conversando a festa toda e tive vontade de vê-la novamente. -Percebi um brilho diferente no olhar dele e pressenti que esse homem havia encontrado o amor ou estava prestes a viver uma história bonita.Durante alguns meses ele retornou ao meu consultório contando que estava mudado. Preferiu conhecer a mulher aos poucos. Ficaram meses e meses só namorando. De mãos dadas. Um conhecendo o outro. Num ritmo devagar."- Sabe, antes eu não aguentava ver uma mulher bonita. Era só cama e cama! E tudo terminava em frustração! Agora, é diferente! "Meses depois, ele me ligou muito contente que ia se casar com ela. E eles se casaram e são muito felizes!

Cada qual tem seu jeito de amar, mas o verdadeiro amor é um só: é de alma para alma. A atração física apenas aproxima as pessoas, mas é o espírito que ama. Então, não desista!
Para ter a ajudinha angelical acenda uma vela para o anjo Haniel- príncipe dos Cupidos. E peça a ele uma ajuda especial!
Seja feliz!









Nenhum comentário:

Postar um comentário