25 de nov de 2012

OLÁ HOJE EU VIM FALAR COM VOCÊ !!!!!




Olá sou teu Fígado! Posso apresentar-me?

Devido ao afastamento seu das terapias com  a Terapeuta Renata Cardoso é necessário você me conhecer. quando você
diariamente era visto pela iridologia  com a terapeuta. eu avisava sempre quando estava mal em você. mais agora com você distante quero lhe falar, que sou eu responsável por vários sintomas que você pode estar sentindo ai agora. eu  seu (figado)  sou doentinho e problemático mais ela (Terapeuta) me descarregava aliviava e muitas vezes desintoxicava e nem te falava... agora estou sofrendo e você nem sabe.(AVISO)o excesso da sua  energia calórica tem ocasionado em você muito estresse, medo, raiva excessiva, ansiedade, agitação emocional, e os  alimentos errados estão  perturbando sua   digestão e seu sono., dores, peso no corpo, inchaços, fadigas,e secreções e muita retenção de liquido.  Amiguinha nunca se esqueça que você  tem um vicio de se auto-medicar quase uma hipocondríaca qualquer coisa toma remédio os medicamentos são importantes, mas ao tomares remédios sem necessidade e sem conhecimento, podes me sobrecarregar e intoxicar! você nem percebia mais muitas vezes quando você estava vindo aqui na Renata  ela viu que você me intoxica com remédios. e me curava e nem te falava porque sabia que você poderia negar.. mais após ela me aliviar você já se sentia  mais saudável e com mais energia .lembra!!?? agora eu tenho que te alertar pois estou sofrendo viu!!!  os medicamentos são produtos químicos e quando tu os combina sem a aprovação de um médico,ou do seu terapeuta  podes criar algo venenoso e prejudicar-me seriamente.  Depois deste texto leia e saiba como posso ser curado e a forma  rápida de você voltar a ser saudável igual quando você fazia terapia e não me dispensava carinho e atenção orientado pela titia Renata Cardoso.

Agora então vou me apresentar???
Sou seu figado.

Sou responsável por aproximadamente 5.000 (cinco mil) funções vitais,produzindo a grande maioria das substâncias essenciais para manter funcionando o resto do teu organismo. 
Sou um grande laboratório! 
Produzo a bile que é levada ao intestino delgado para se juntar ao processo de digestão. Eu mantenho as reservas de ferro que tu necessitas, bem como as vitaminas e outros minerais. Também produzo hormônios, proteínas e enzimas que mantêm teu corpo funcionando normalmente.  Tenho participação na produção de substâncias que ajudam o sangue a coagular e um papel importante na decomposição do colesterol e de medicamentos. Sem mim não terias forças para levar tua vida adiante!  Eu armazeno todas as toxinas, venenos, álcool, substâncias químicas e drogas que entram em teu corpo. Minha função é quebrar quimicamente estes venenos, de modo que possam ser mais facilmente eliminadas pelos rins e pela pele.  Sou um depósito de toxinas. Elas permanecem em mim por bastante tempo até serem processadas. Se a carga se torna excessiva, fico impedido de trabalhar adequadamente e o processo digestivo se torna difícil.  Eu reservo energia, como uma bateria, armazenando açúcar (carboidratos e gorduras) até que dele necessites. Sou eu quem alimenta o teu cérebro de energia e o faz funcionar. Sem mim, entrarias em estado de coma! 
Na verdade, nem poderias te levantar da cama se eu não estivesse trabalhando!  Sou eu quem controla teu sistema nervoso e exerço uma atividade importante sobre teus pensamentos.  Quando estou desequilibrado, não consegues te concentrar e nem ter clareza mental. Também te enervas facilmente, ficas instigado às brigas, predisposto à dores de cabeça, na nuca e região lombar...  Ainda segundo a milenar Medicina Chinesa,  sou a morada das HUN, seres espirituais que zelam por tua saúde.  E elas não gostam, absolutamente, da raiva e suas toxinas venenosas!  Quando te tornas irado, sou agredido pelas toxinas do estresse. Se isso ocorre com frequência, as HUN me abandonam e fogem do teu corpo... 
Então, torno-me endurecido e o teu humor cada vez pior. 
Na antiguidade, Hipócrates classificou os principais temperamentos humanos de acordo com os humores predominantes. Ele denominou temperamento bilioso - que significa cheio de bilis e de raiva, irritável - aquele dominado por minha atuação negativa ...  As toxinas da raiva são um veneno que não consigo metabolizar...E elas podem me destruir, tornando-me um sério candidato ao câncer... 
Além disso, quando envenenado pela raiva, afetarei o teu coração, que tornar-se-á impaciente e rancoroso, incapaz de sentir amor, alegria e respeito.  E isso, facilmente, pode destruir teus relacionamentos...  A única forma de convencer as HUN a voltarem ao teu corpo, é praticares atos de bondade para contigo mesmo e para com os outros. Quando transformares tuas atitudes raivosas em tolerância,conciliação e solicitude, elas ficarão ao teu lado, trazendo-te saúde e sorte! 

É importante que gostes de mim!

Mas não te peço muito...Basta que me trates bem! Não me entupas de álcool - cerveja, uísque ou cachaça! Se bebes com frequência , podes me lesionar para o resto das nossas vidas! E eu me lesiono facilmente... Estas lesões chamadas "cirrose“, são permanentes.  Toma cuidado com o hábito da auto-medicação! Os medicamentos são importantes, mas ao tomares remédios sem necessidade, podes me sobrecarregar e intoxicar!  Todos os medicamentos são produtos químicos e quando tu os combina sem a aprovação de um médico, podes criar algo venenoso e prejudicar-me seriamente.  E saibas, eu não me queixo. Se me maltratas, não poderei avisar-te que estou em perigo! Outra coisa importante - cuida da tua alimentação! Não abuses dos alimentos gordurosos!  Eles podem me deixar coberto de gordura e se isso acontecer, desequilibrarei vários sistemas do teu corpo! Alimenta-te com uma dieta balanceada. Sou vulnerável aos diversos vírus da hepatite, os quais vivem no sangue, na saliva, nas fezes e no sêmen humano.  Quase sempre sou capaz de destruir esses vírus, mas às vezes eles são mais fortes que eu e me infectam, causando-me muito dano. Os vírus da hepatite C, são transmitidos pela transfusão de sangue e hemodiálise, pelo uso de drogas intravenosas, material cortante ou perfurante de uso coletivo, sem esterilização adequada: procedimentos médicos/odontológicos, tatuagens, piercing, manicure, etc.  Já o vírus da hepatite A, é transmitido através da água e dos alimentos, enquanto o da hepatite B, através dos contatos íntimos, da mãe infectada para o recém nascido e pelo uso do sangue infectado. Então observa a procedência do sangue que acaso precises receber, dos alimentos e da água que ingeres e toma cuidado com a higiene ao toalete. Usa preservativos com novos parceiros, exige que os instrumentos que perfurem tua pele ou boca sejam esterilizados. Segundo a Tradicional Medicina Chinesa, sou um órgão regido pela energia da madeira. Por isso, como uma planta, se me tiras um pedaço, sou capaz de me regenerar e crescer novamente.  Como vês, tua vida, saúde e felicidade, dependem de que cuides muito bem de mim e de ti! Evita o estresse. Correr contra o relógio é hábito perigoso. Cultiva o bom humor. Pra que levar a vida tão a sério? Procura sorrir e brincar. Permita-te o lazer e o prazer. Descontração e diversão são essenciais para manter-me desopilado !  Obrigado por tua atenção 
Teu silencioso companheiro, O fígado 

Texto adaptado do livro: CHI NEI TSANG – A MASSAGEM DOS ÓRGÃOS INTERNOS - Mantak Chia -Formatação: OLGA MENDONÇA- Psicóloga Psicoterapia - Naturoterapia - Reprogramação Mental









Poque você deve continuar -se tratando com Fitoterápicos!!!!



Ao se fazer um tratamento com Fitoterapia deve-se ter como objetivo o equilíbrio. Deve-se ter em mente o padrão energético, energia vital, efeitos climáticos, as emoções e três processos muito importantes: desintoxicação, boa digestão, regeneração. 
Quando há excesso de toxinas no organismo apresentamos:
- perda e falta de energia
- retenção de líquidos
- cefaléia
- ressecamento da pele
- escamação ou acne
Etapas do processo de limpeza no organismo com utilização de chás:
Desintoxicação
Angélica sinensis (Dong Quai) 
Rehmanniae radix, “erva do rim” – ativa as funções renais 
Alcaçuz – remove toxinas e resíduos do corpo 
Ginseng – tônico 
Pariparoba – tem ação sobre o estômago, fígado, baço e pâncreas 
Cana do brejo – limpeza dos rins, bexiga, uretra 
Cabelo de milho – purifica o sangue, poderoso diurético, limpa rins e bexiga elimina o ácido úrico, tônico cardíaco. 
Chapéu de couro – depurativo do sangue, levemente laxante e diurético, atua sobre o fígado, bílis, rins, bexiga, baixar o ácido úrico. 
Cavalinha – rica em minerais, fortalece o organismo como um todo. 
Casca de melancia (parte branca) – para a retenção de líquidos. 
Unha de gato – diurético, atua nos rins e intestinos. 
Copaíba – se houver algum problema inflamatório.
Processos Digestivos
Chá verde – ajuda na eliminação de gorduras. 
Jasmim – auxilia na expulsão de mucos, purgante e vermífugo. 
Hortelã – auxilia a digestão, combate gases e cólicas, náuseas e bílis. 
Manjericão (também conhecido como basilicão e alfavaca) – estomacal, diurético e flatulências. 
Casca de tangerina seca – digestiva, laxante e calmante. 
Pariparoba – para limpeza do fígado, vesícula e baço.
Para o funcionamento dos intestinos
Espinheira santa – atua na azia, evita formação de gases, fermentação dos alimentos e má digestão, auxilia no funcionamento do fígado. 
Aniz estrelado – cólicas estomacais e enxaquecas de origem digestiva. 
Casca da laranja/mexerica - digestiva, laxante e calmante. 
Mulungu (para relaxar) – atua sobre o fígado e baço. 
Um copo de água morna com 2 colheres de chá de mel 
Ingerir verduras e frutas frescas que contém fibras.
Para a transpiração – provocam a sudorese
Cravo – combate o mau hálito. 
Erva doce – estimula a digestão, combate cólicas intestinais, gases, azia, diurético. 
Gengibre – fraqueza do estômago, cólicas e gases presos. 
Alcaçuz – diurética, laxante, refrescante, antitóxica e tônica.
Regeneração
Mulungu – insônia, pesadelos e excesso de sonhos. 
Valeriana – calmante e digestivo. 
Cavalinha - remineralizante.


DICAS
O excesso de energia calórica ocasionado por estresse, medo, raiva excessiva, ansiedade, agitação emocional e motora, alimentos quentes como o café, chocolates, carne vermelha e condimentos podem perturbar a digestão e o sono.
A umidade e o excesso de água no organismo provocam reumatismo, artrite, dores, peso no corpo, inchaços, fadigas, secreções e influenciam em seus sintomas. 
São indicadas plantas do elemento fogo para enxugar o excesso de água do organismo, estas são indicadas de acordo com as características individuais.
A secura do ar atmosférico ocasionada pelo outono e final de verão é nociva aos pulmões, pode provocar desidratação, irritação na pele, lábios secos, constipação, irritação nos olhos, secura nas mucosas nasais e garganta, baixar a resistência do corpo, causar dores de garganta, rinite, sinusite e tosse.
Indica-se ingerir muita água, chás e sucos como: Hortelã, Menta, Alcaçuz, Eucalipto, Romã (para afecções da garganta) e Tanchagem (afecção das vias respiratórias, bronquites).
O frio do inverno, que provoca a contração dos poros e capilares, internamente, pode ocasionar dores articulares; neste caso, é aconselhável fazer uso de plantas do elemento fogo que geram calor interno, como: Cravo, Canela, Gengibre, Erva Doce, Manjericão, Alecrim, Sálvia, dentre outras de acordo com características individuais. A Tâmara Vermelha é indicada para equilíbrio do sistema nervoso e da angústia, Ginkgo biloba para “afinar” o sangue, para a circulação sanguínea em geral, para ativar a memória, e utilizada como preventivo aos Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC).
O calor excessivo do verão pode provocar episódios de queda de pressão arterial, mal estar, gripe, erupções, problemas na pele, diarréias, desidratação. Para amenizar o calor interno e, para esta estação, são indicadas plantas com propriedades refrescantes, como:
Hortelã, Carambola, Menta, Chá Verde, casca seca da Tangerina, chá de Crisântemo, Pariparoba, Lótus, Funcho, Maçã, Tanchagem.

Ressalvo mais uma vez, que são apenas dicas, para um tratamento eficaz é necessário a indicação e acompanhamento terapêutico por um fitoterapeuta



Nenhum comentário:

Postar um comentário