18 de mai de 2012

QUANTO VALE UMA TERAPIA????












TERAPEUTA E SUA PROFISSÃO.


A profissão de TERAPEUTA, infelizmente ainda é questionada. A maioria das pessoas desconhecem a profissão por esta ter uma abordagem mestafísica. Quando vou fazer um cadastro e me perguntam a profissão e falo TERAPEUTA, eles logo indagam: - TERAPEUTA OCUPACIONAL? Recordo-me que quando me inscrevia nos “vestibulares da vida”, tinha realmente este curso, mas não sou TERAPEUTA OCUPACIONAL. Outros falam-me assim: -Ahhh, a senhora é PISICÓLOGA? E eu respondo que também não sou psicóloga e percebo, depois de duas respostas frustrantes para eles, a tristeza no semblante da pessoa e ainda o incômodo de não saber que tipo de profissão é esta finalmente. E, acabam anotando lá no cadastro deles, insatisfeitos e incomodados.  Um TERAPEUTA é um profissional reconhecido e qualificado em vários órgãos. Meu CRT é oriundo do SINTE, porém existem outros no Brasil, que certificam a qualificação de um TERAPEUTA. Acho interessante um profissional , seja de que área for, ter seu registro oficial num órgão competente, assim como o advogado (OAB) o médico (CRM) o veterinário (CRMV) e outros. Nós, TERAPEUTAS temos o (CRT). Para que um TERAPEUTA tenha um CRT ele precisa se enquadrar nas exigências do órgão que emite. Exigências estas que vão desde um nada consta da Polícia Federal até a comprovação de todos os cursos reconhecidos que fizeram, assim como declarações de clientes, que provam a idoneidade e competência do profissional....Como estão vendo, TERAPEUTA é um profissional que tem que estar enquadrado em algumas exigências legais, assim como as demais profissões. Pois esta qualificação é que nos dá segurança legal perante situações diferentes e nos deixa em igual patamar de profissionais reconhecidos. Um TERAPEUTA atua nos campos de energia da pessoa, ou seja, energia emocional, energia mental, energia espiritual, energia emocional. O psicólogo trata do mental e o médico do físico. Cada um foi qualificado para isto e não está errado. A profissão do psicólogo e do médico tem estes fins: um na mente outro no físico. A abordagem do TERAPEUTA é dentro de uma visão metafísica, além do físico, diferente das outras duas citadas. Nenhuma desmerece a outra, nenhuma das 3 profissões vai desqualificar as outras, pois trata-se da forma de abordagem , da forma de alcance e objetivos. As Terapias Energéticas restabelecem o equilíbrio, a alegria de viver e a saúde entre os corpos densos e sutis. Cada ser humano tem uma constituição. Por isso cada um reage diferentemente a estímulos iguais. O segredo da auto-cura, através desses tratamentos é a aplicação constante, aconteça o que acontecer. É um compromisso de você para com você mesmo e com o Universo. Ainda existem situações em que as pessoas acham que o TERAPEUTA é um mago ou um pai-de-santo. Não desmereço nenhuma destas práticas, pois médicos, psicólogos, magos, pai-de-santo, terapeutas, são atividades diferentes entre si, uma não desmerece a outra e cabe a pessoa procurar o que melhor lhe agradar ou necessitar, considerando suas reais necessidades.Quando vejo médicos e psicólogos encaminharem seus pacientes a mim, isto prova que estes profissionais sabem de suas capacidades e limitações profissionais e querem saber como ajudar melhor seu paciente. Este paciente, irá agradecer para sempre e melhor; este médico e este psicólogo não os “perde” de vista. A isto chamo de EVOLUÇÃO. Também , existem casos que além de terem meu atendimento, encaminho para que procure um médico também, a medicina ortodoxa, tem rapidez para resolver algo no físico; o terapeuta trata o campo vibracional da energia física, mental, espiritual e emocional Na maioria das vezes, um TERAPEUTA exerce esta profissão por opção. Tenho formação acadêmica em Letras e ministrei aulas por quase 20 anos. Entrei em licença sem vencimentos da rede estadual de educação, para onde não pretendo voltar. Logo é uma opção.Para ser padre, é necessário ter vocação, para ser um bom médico é preciso ter um dom, para ser um pintor é preciso ter talento, enfim a maioria das profissões são exercidas por pessoas que têm uma tendência, habilidade, identificação pelo que faz e por isto fazem por amor, por missão DIVINA. Assim deveria ser. Um TERAPEUTA não é diferente, precisa ter o dom para trabalhar com o ser humano, ter amor por isto, e, além desta parte vocacional, ainda temos que estudar, praticar, especializar, para estimularmos este dom cada vez mais para estarmos não só energeticamente autorizados a exercer esta profissão quanto para estarmos autorizados legalmente, assim como todas as outras profissões.  Agora vou comentar sobre a questão do valor de um atendimento com um TERAPEUTA. A energia que o terapeuta canaliza é gratuita, mas o seu trabalho tem que ser pago, como qualquer outro. Um médico tem um dom e este dom foi –lhe dado gratuitamente, mas ele tem que estudar para saber utilizar este dom, ele tem que se qualificar. Somos energia mental, emocional, espiritual e física, logo precisamos de companhia, alimentos, orações, tratamentos, enfim. Não sou só energia espiritual que vive de LUZ, eu preciso alimentar minha energia física, preciso alimentar minha energia emocional, mental e espiritual com atos saudáveis.  Um terapeuta não vende seus dons, nem um outro profissional, ele recebe uma troca, pois ele estar usando seu físico, tempo, e energia para praticar seus dons para ajudar uma pessoa. Um padre abençoa uma pessoa e ela pode se curar com isto, porém ele come também, ele mora, ele se veste, ele está no mundo físico fazendo uma missão espiritual e recebe salário ou pro-labore para isto.Dinheiro é parte da prosperidade, do orgulho pessoal de ter suado para consegui-lo; é uma maneira de dizer OBRIGADO. É uma maneira de você mostrar ao Universo que está fazendo o seu dever de casa. Dinheiro é uma coisa maravilhosa quando adquirido com honestidade e amor. A energia do dinheiro é uma energia de troca. E é saudável esta troca tanto para o profissional quanto para o cliente, pois esta forma de dizer OBRIGADO além de outras, é uma forma saudável e abençoada. Fazer caridade todo profissional faz e é benígno, mas não conseguimos viver só de caridade nem só de LUZ, somos seres humanos e não anjos, nem entidades...Os valores que um TERAPEUTA competente, digno, e ético, cobra por seus atendimentos, sejam eles na maca, à distância, em platéia, em grupo ou individual, sempre é justo, pois um TERAPEUTA não enrica com esta profissão, mas terá dignidade para sobrebviver em equlibrio financeiro. Um terapeuta não tem chefes, não somos subordinados a ninguém, mas temos um patrão riquíssimo que nos paga muito bem, se exercermos nossa profissão como trabalhadores da luz e que nunca vai nos deixar faltar nada, pois Ele sempre vai nos enviar pessoas que precisam de nós e, através destas pessoas que Ele nos paga. Temos que exercer esta ajuda, pois é um contrato entre nós TERAPEUTAS e Deus, assim seremos bem reconhecidos por Ele e sempre em equilíbrio para viver bem e ajudar a quem busca seu equilíbrio. A definição de terapeuta é: PESSOA QUE PRATICA ATIVIDADE, A SERVIÇO DE DEUS, PARA AJUDAR AO PRÓXIMO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário